Rua Doutor Alfredo de Castro, 200 - sala 1104 | Barra Funda, São Paulo / SP      contato@yescert.com.br

Ventilador

Ventiladores: eficiência energética é um dos principais diferenciais de venda

Vários são os pontos que levam o consumidor a optar por um produto e não pelo outro, como tamanho, garantia, marca, satisfação de pessoas que já o adquiriram, certificação e também a eficiência energética. Saber quanto um ventilador gasta de energia, se é ou não econômico, é um ponto básico ao procurar pelo produto desejado. Entendendo essa necessidade, o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) publicou a Portaria Nº 20/2012, que aborda sobre a certificação compulsória dos ventiladores. O seu produto já é certificado?

Certificação e sua importância

Assim como já acontecia com geladeiras e condicionadores, desde o ano de 2012, os ventiladores de mesa podem ser certificados quanto à sua eficiência energética. Essa portaria também permite a certificação em circuladores, ventiladores de teto, ventiladores de mesa, parede e pedestal, que tenha hélice entre 26 e 60 cm. Além da eficiência energética, eles deverão cumprir a alguns itens de segurança.

Essa preocupação se deu após uma ampla análise realizada pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) no ano de 2009.  O órgão notou que os produtos estavam falhando nos itens de segurança, o que causou preocupação. Por isso, resolveram revisar o regulamento e abordar partes importantes como a geometria da grade, base e oscilação e a proteção de contato com as hélices.

Na mesma avaliação foram encontrados outros problemas, como:

  •          Embalagem com informações falsas garantindo economia de 50% de energia;
  •          Instruções e garantias apenas na embalagem;
  •          Instruções e advertências apenas na embalagem.

 A diferenciação trazida e a vantagem para o consumidor

Os produtos recebem a Etiqueta Nacional de Conservação de Energia (Ence). Após os testes os produtos são classificados de ‘A’ (mais eficiente) a ‘D’ (menos eficiente). Com isso, o consumidor, na hora da compra, pode escolher entre o mais e o menos econômico.

Como os mais econômicos acabam tendo melhor saída, consequentemente, eles estimulam as indústrias a realizarem melhorias em seus processos de fabricação, visando obter produtos cada vez mais econômicos.  Além disso, a preocupação é de também garantir um bom produto, que gaste pouco, mas que tenha a preocupação com a segurança do usuário, evitando acidentes e proporcionando o conforto térmico.

Desde o dia 20 de janeiro de 2014 só é permitida a venda de ventiladores certificados. Devido às novas regras, cabe aos empresários da área aprimorar cada dia mais seu fluxo de produção para garantir um produto de acordo com as normas.

O processo de certificação pode ser longo e burocrático. Com a obrigatoriedade da certificação é importante que uma fabricante não perca tempo neste momento. Por isso, é importante contar com uma empresa que torne este processo mais cômodo e ágil.

Você procura uma empresa para tornar o processo de certificação mais eficiente? Visite nosso site e conheça o nosso trabalho!

Entre em
CONTATO

Tem alguma dúvida?
Entre em Contato

+55 11 3554.8912
Gostaria de agendar e receber uma chamada em outro horário?

Você já é a 5 pessoa a solicitar uma ligação.

Deixe sua mensagem! Entraremos em contato o mais rápido possível.

Você já é a 3 pessoa a deixar uma mensagem.

NÓS TE LIGAMOS! Informe seu telefone que entraremos em contato o mais rápido possível.

Você já é a 5 pessoa a solicitar uma ligação.

Gostaria de receber uma ligação ?

Manda um Whatsapp!

WHATSAPP