Simplificando a certificação de produtos

Mas do que nunca, hoje em dia a maioria dos produtos precisa ser certificado para poder garantir segurança e satisfação aos seus clientes. Assim a certificação de produtos passa por quase todos os setores do mercado.

Dentro da sua casa, quase tudo que você usa precisa contar com selo de algum órgão responsável, bem como fiscalizador, de que esse item funciona e não apresenta nenhum tipo de mal ou malefício a saúde.

Assim, se você quer entender como essa certificação funciona e saber mais sobre todo o processo, chegou ao lugar certo. Vamos hoje simplificar todo o procedimento e entregar as informações principais dele.

Entenda a certificação de produtos

A certificação de produtos, serviços, processos e sistemas de gestão é, por definição, feita por uma terceira parte, isto significa, que é feita por uma organização independente, sempre acreditada pelo Inmetro, executando a avaliação da conformidade de determinados objetos.

Ao acreditar algum organismo de certificação, o próprio Inmetro o reconhece como um competente de avaliação desse produto ou serviço, sempre com base em suas regras já pré-estabelecidas.

Dependendo desse produto ou processo produtivo, das suas características de matéria prima, de todos os aspectos econômicos e também do nível de confiança necessários, bem como outros fatores, a organização irá determinar o modelo de certificação que será utilizado.

Modelo de Certificação 1a

Feita por uma avaliação única, sendo que nesse modelo são coletadas uma ou mais amostradas desse produto, e submetidas as atividades de avaliação para conformidade, que irão consistir em inspeção, ensaio, avaliação de projeto, processos ou serviços.

Nesse modelo não se contempla a etapa de manutenção, e a avaliação de conformidade do objeto é efetuada uma única vez, com os itens subsequentes dessa produção não sendo cobertos pelo certificado.

Modelo de Certificação 1b

Feito por ensaios de lotes. Nesse modelo envolve-se a certificação de um determinado lote de produtos, sendo que o número de unidades a serem ensaiadas pode ser apenas uma parcela desse lote, coletado de forma aleatória, ou até mesmo o úmero total das unidades do lote.

O ensaio é feito em 100%, e o certificado de conformidade é restrito ao lote que foi certificado.

Modelo de Certificação 2

Avaliação inicial é feita por meio de ensaios em amostrar retiradas do próprio fabricante, e em seguida de uma avaliação de manutenção periódica por meio de coletas de amostras desse produto no mercado.

As avaliações de manutenção têm como objetivo principal a verificação dos itens produzidos após o atestado de conformidade inicial, para que os mesmos permaneçam nos conformes.

Modelo de Certificação 3

Essa avaliação inicial irá ser feita por meio de ensaios de amostras retiradas do próprio fabricante, e em seguida levadas para uma avaliação de manutenção periódica através da coleta das amostras do produto na fábrica.

Todas as avaliações de manutenção têm como objetivo principal a verificação dos itens produzidos após a atestação da conformidade inicial, sendo que ela pode incluir processos produtivos.

Modelo de Certificação 4

As avaliações iniciais consistem em ensaios de amostras que foram retiradas no próprio fabricante seguida de uma avaliação de manutenção periódica por meio de coleta de amostras na fábrica e também no comércio.

Elas são combinadas ou alternadas para a realização das avaliações de conformidade, sendo que as de manutenção tem como objetivo verificar os produtos depois da atestação, e pode incluir processos periódicos.

Modelo de Certificação 5

A avaliação inicial é feita por ensaios nas amostras retiradas dentro do fabricante e seguidas de uma avaliação de manutenção periódica por meio da coleta de amostras do produto na própria fábrica ou no comércio, de forma combinada ou alternada.

Todas as avaliações de manutenção têm como objetivo a verificação da conformidade inicial dos itens já atestados.

Modelo de Certificação 6

A avaliação inicial é feita por meio de uma auditoria do Sistema de Gestão de Qualidade ou por meio de inspeções, e seguida então de uma manutenção periódica.

Esse é o modelo aplicável de forma principal para a certificação de produtos de serviços ou processos.

Tudo precisa ser avaliado, como a certificação de panelas e outros objetos da casa, para que não apresentem nenhum tipo de erro ou prejuízo na hora do uso no nosso dia a dia.

Write a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *