Maquiagem

Riscos de usar produtos à base de chumbo

O chumbo é um metal muito utilizado na fabricação de inúmeras coisas que consumimos diariamente. Contudo, ele pode trazer riscos gravíssimos a saúde a curto e longo prazo. Ele pode estar em cosméticos, alimentos, brinquedos certificados, materiais de PVC, gasolina, bebidas alcoólicas e diversas outras coisas tão comuns para nós.

Além disso, ele está presente no ar por conta da produção de diversos produtos, que fazem a substância se espalhar em forma de pó e causar desequilíbrios no meio ambiente. Desta forma, o ser humano é exposto ao chumbo durante toda a vida, entrando em contato com ele através de vias orais, nasais e epidérmicas, de forma imperceptível.

Quantidade de uso permitida para o chumbo

O chumbo é um metal bastante perigoso, que pode contaminar o solo, o ar, a água, seres humanos e animais. Portanto, mesmo que seja necessário para a fabricação de algumas coisas, o seu uso deve ser regulado.

Por exemplo, em alimentos e bebidas o chumbo não deve existir, mas há grandes chances de terem sido plantados em solo contaminado ou fabricados com procedência duvidosa.

Algumas tintas também podem conter chumbo em sua composição. Por isso, na hora de comprar tintas para pintar a sua casa, procure marca confiáveis e olhe em sua composição se há ou não chumbo.

Existem países que fazem uso do chumbo para a fabricação de gasolina, fazendo com ele se espalhe com mais facilidade no ar. O Brasil e é um dos primeiros países a não permitir o uso de chumbo na gasolina, desde 1992, sendo uma vantagem para os brasileiros.

Em relação aos cosméticos, há todo tempo surgem notícias relacionadas ao uso de chumbo para fabricação de batons, tinturas de cabelo, esmaltes, etc. Nesses casos, é orientada a descontinuação do uso de produtos das marcas em questão. No Brasil, a quantidade de chumbo permitida e regulamentada por lei é de 0,6%.

Por isso, é importante manter-se informado a respeito da certificação de brinquedos, cosméticos, alimentos e outros produtos, para não correr o risco de consumir produtos que coloquem em risco a sua saúde e de seus familiares. Uma dica é buscar marcas reconhecidas e confiáveis, evitando comprar produtos falsificados ou de fontes duvidosas.

Quais são os principais riscos do chumbo?

O chumbo é bastante perigoso, pois vai se acumulando no organismo trazendo riscos a longo prazo. Os órgãos mais afetados são cérebro, fígado, rins e ossos. Os riscos apresentados pelo elemento é tão alto, que até mesmo pequenas quantidades podem ter efeitos tóxicos e substâncias cancerígenas.

Com o tempo, o ser humano exposto ao chumbo pode apresentar problemas intestinais, como náuseas, irritações no estômago, enjoos e vômitos, além de problemas de hipertensão, sonolência, tontura, encefalopatia ou até renais e hepáticos.

Se a exposição ao chumbo for por muito tempo, pode causar no indivíduo anemia, transtornos neurológicos, convulsões, tremores, paralisia, problemas de atenção, dores musculares e na cabeça. Para as crianças e mulheres grávidas, os riscos podem ser ainda maiores e causam má formação no feto.

Consumir produtos certificados e com o uso de substâncias permitidos por lei ajudam a diminuir os riscos à saúde. Além disso, pesquise sempre antes de usar algum produto, para evitar riscos futuros.

Entre em
CONTATO

Tem alguma dúvida?
Entre em Contato

+55 11 3554.8912
Gostaria de agendar e receber uma chamada em outro horário?

Você já é a 5 pessoa a solicitar uma ligação.

Deixe sua mensagem! Entraremos em contato o mais rápido possível.

Você já é a 3 pessoa a deixar uma mensagem.

NÓS TE LIGAMOS! Informe seu telefone que entraremos em contato o mais rápido possível.

Você já é a 5 pessoa a solicitar uma ligação.

Gostaria de receber uma ligação ?

Manda um Whatsapp!

WHATSAPP