Aparelhos domésticos

Entenda a importância da certificação de eletrodomésticos

Desde Janeiro de 2013 não é mais permitida a comercialização de eletrodomésticos sem a certificação do INMETRO. A Portaria 371, de 29 de dezembro de 2009 tornou obrigatória a certificação desse tipo de produto, que deve atender normas nacionais e internacionais de segurança.

O objetivo da norma é garantir que o produto seja disponibilizado no mercado sem que seu uso possa causar danos potenciais à saúde e à segurança do consumidor. Dessa maneira, a certificação avalia e investiga a capacidade elétrica do produto, falhas mecânicas, inflamabilidade e a radiação produzida pelo seu uso através da realização de testes, auditorias e análise de documentos.

Eletrodoméstico X eletroeletrônico

Vale destacar que a Portaria só se aplica a eletrodomésticos e não abrange eletroeletrônicos. Na prática nem sempre é fácil diferenciar esses dois tipos de produtos, no entanto, é importante ter em mente que a certificação para este caso se dará apenas para aparelhos de uso residencial e não industrial e comercial. Em caso de dúvida, a norma especifica até 500 tipos de aparelhos para a avaliação se correspondem ou não a um caso de certificação.

A certificação produz alguns impactos, entre eles, o aumento de preços do produto final. Embora muito se fale sobre esse efeito, especialistas já concluíram que os custos da certificação são absorvidos em longo prazo, devido ao retorno em vendas. Além disso, cada dia mais, a certificação é um ponto de atenção aos consumidores em busca de qualidade e evitando a aquisição de produtos que estejam sem os selos obrigatórios.

O processo de certificação passa por algumas fases envolvendo avaliação de documentos, testes e auditorias que serão realizadas junto aos Organismos Certificadores de Produtos (OCPs) acreditados pelo INMETRO.

Mecanismos de certificação

No caso específico dos eletrodomésticos, existem dois mecanismos de certificação: o Sistema 7 ou o Sistema 5.

Para a certificação segundo o Sistema 5, é realizada uma avaliação da própria fábrica, seguida de amostragem e ensaios. Já o Sistema 7, a avaliação é feita por lote e a cada lote são coletadas amostras de acordo com a NBR 5426.

Atenção consumidor!

Quem consome qualquer tipo de eletrodoméstico deve estar atento. O selo de qualquer produto certificado deve estar na embalagem e também afixado no produto. Na embalagem deve constar a voltagem do produto, símbolos de frequência, força em amperagem, nome do fabricante ou importador e a referência do produto ou modelo.

Além dessas informações, o produto deve conter instruções acerca de seu uso e limpeza, além da garantia.

Atenção fabricante/importador!

Uma das vantagens de contar com uma assessoria especializada em certificação é garantir eficiência e agilidade durante o processo de certificação. Isso significa menos gastos com testes, mais rapidez na obtenção do selo e melhor resposta dos órgãos competentes. Além disso, o cliente conta com uma ampla assessoria para esclarecimentos acerca do processo de certificação e das normas de saúde e segurança, as quais seu produto esta sujeito.

Quer certificar seus produtos? Clique aqui.

Entre em
CONTATO

Tem alguma dúvida?
Entre em Contato

+55 11 3554.8912
Gostaria de agendar e receber uma chamada em outro horário?

Você já é a 5 pessoa a solicitar uma ligação.

Deixe sua mensagem! Entraremos em contato o mais rápido possível.

Você já é a 3 pessoa a deixar uma mensagem.

NÓS TE LIGAMOS! Informe seu telefone que entraremos em contato o mais rápido possível.

Você já é a 5 pessoa a solicitar uma ligação.

Gostaria de receber uma ligação ?

Manda um Whatsapp!

WHATSAPP