Certificação compulsória de colchões e colchonetes: conheça a regulamentação

Certificação de colchões

Muitas vezes, você dorme a noite inteira, mas acorda cansado, como se o sono tivesse sido interrompido algumas vezes. Passa o dia lidando com a vontade de cochilar e não consegue entender o que pode ter causado a sensação de cansaço e a sonolência persistente. Há várias razões para isso acontecer e uma delas, bastante comum, é simplesmente o colchão em que você se deitou.

Com isso, certamente sua produtividade no trabalho irá cair, bem como diminuirá a capacidade de aprendizagem de quem precisa se concentrar nos estudos. Outra consequência é, inclusive, o desenvolvimento de problemas ortopédicos, como dores nas costas. Por isso, as exigências das autoridades brasileiras com relação ao produto comercializado no país, produzido por fábrica brasileira ou importado, aumentaram.

A partir de fevereiro deste ano, todos os colchões e colchonetes de espuma, tipo box ou não, comercializados no Brasil, terão que apresentar requisitos mínimos de desempenho, ou seja, terão que apresentar certificação compulsória do pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normatização e Qualidade Industrial (INMETRO). Isso significa que, se o produto não estiver adequado às novas exigências, será enquadrado no Plano de Fiscalização da Rede Brasileira Metrologia e Qualidade – RBMLQ-I.

Normas e portarias

Os fabricantes e importadores desses produtos tiveram quatro anos para se adequar às novas normas do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), baseadas em estudos realizados pelo INMETRO. A normatização foi estabelecida pela portaria nº 79, de 3 de fevereiro de 2011, determinando os Requisitos de Avaliação da Conformidade (RAC) para Colchões e Colchonetes de Espuma Flexível de Poliuretano. Também foi incluída a portaria nº 386, de 2 de agosto de 2013, que estendeu tais requisitos legais para os colchões do tipo box, integrados ou não às bases das camas.

Além da questão da qualidade da espuma flexível de poliuretano, a nova legislação também estabelece parâmetros para o revestimento desses produtos.

Espuma e revestimento

As exigências constam de duas normas técnicas estabelecidas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT): a NBR 13579-1, que trata da espuma, e a NBR 13579-2º, específica para o revestimento.

De acordo com a NBR 13579-1, a densidade da espuma de poliuretano para o uso de colchões deve estar relacionada com o biótipo da pessoa que vai utilizá-lo. Uma pessoa que meça entre 1,71m e 1,80m e pese entre 101 e 120 kg, por exemplo, se passar uma noite dormindo em um colchão de espuma de densidade inferior a 40 (D-40), provavelmente não dormirá bem. O mesmo ocorrerá com alguém de 1,51m a 1,60m, pese entre 71 e 80 kg, e que use um colchão de espuma com densidade inferior a 33 (D-33). A certificação garantirá que tais informações cheguem ao consumidor na hora da compra.

Segundo especialistas, para uma boa noite de sono de quem dorme de costas ou de lado, é importante que, ao se deitar sobre um colchão, a coluna  permaneça alinhada para que não haja qualquer tipo de dor: nem nos quadris e ombros, nem na coluna lombar ou cervical. Também a bacia não pode ficar afundada ou erguida sobre o colchão. Já para quem se deita de frente, é aconselhável colocar um travesseiro embaixo dos joelhos, para que o corpo permaneça alinhado. Outro fator a ser observado é se o colchão cede com facilidade. Se isto ocorrer, é hora de trocá-lo. Em geral, os fabricantes recomendam que se troque um colchão de espuma a cada cinco anos, e um de mola, a cada 10 anos.

 

E você, em sua fábrica ou em sua loja, já se preparou para entregar um colchão certificado pelo INMETRO para o seu consumidor? 

Quer saber mais sobre a certificação de colchões? Entre em contato conosco!

Entre em
CONTATO

Tem alguma dúvida?
Entre em Contato

+55 11 3554.8912
Gostaria de agendar e receber uma chamada em outro horário?

Você já é a 5 pessoa a solicitar uma ligação.

Deixe sua mensagem! Entraremos em contato o mais rápido possível.

Você já é a 3 pessoa a deixar uma mensagem.

NÓS TE LIGAMOS! Informe seu telefone que entraremos em contato o mais rápido possível.

Você já é a 5 pessoa a solicitar uma ligação.

Olá! Gostaria de receber uma ligação gratuita?

Manda um Whatsapp!

WHATSAPP